25.9 C
Marília

‘As instâncias superiores começaram a ouvir as vozes da rua’, diz deputado Camarinha

Últimas notícias

camarinha

“Rodrigo Janot afirma que o Lula é o comandante da organização criminosa”, disse o deputado

O deputado estadual Abelardo Camarinha (PSB)fez uma observação em relação ao momento político vivido no País. “As instâncias superiores começaram a ouvir as vozes da rua”, disse ele.

Segundo Camarinha, nas ruas, nas praças, nos pontos de ônibus, nas fábricas, nas escolas e em tudo o que é lugar o assunto é um só: a punição, substituição e processos contra os figurões da República envolvidos em escândalos de corrupção.

“Até outro dia, somente a República de Curitiba, leia-se juiz Sérgio Moro, vinha correspondendo aos anseios da imensa maioria da nação, pois as instâncias superiores (STF, TCU, MPF e outras) vinham trabalhando na caça de ‘peixes pequenos’, meros trombadinhas no conjunto dos roubos e da obra. Mas nesta semana a Procuradoria Geral da República, através do seu mais alto mandatário, Rodrigo Janot, denunciou mais de 30 agentes públicos com uma grande diferença: apontando as maiores autoridades políticas do País”, destacou o parlamentar.

Estão na lista da PGR a presidente da República Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro da Justiça (atualmente advogado geral da União)José Eduardo Cardozo, o ministro das Relações Institucionais Ricardo Berzoini, o ministro da Educação Aloizio Mercadante, o ministro das Comunicações Edinho Silva e o ex-presidente da Petrobrás José Gabrielli, entre outros. “Isso mostra que 70% dos assessores da presidente Dilma foram denunciados por vários tipos de crimes e transgressões”.

LULA: O CHEFE

Camarinha lembra que o procurador geral da República Rodrigo Janot afirmou na denúncia que “é impossível uma organização criminosa tão grande, com desvios bilionários, agir e operar por tantos anos, sem a anuência e concordância do ex-presidente Lula”.

“O Rodrigo Janot afirma categoricamente que o Lula é o comandante da organização criminosa”, disse o deputado.

PSDB e PMDB

As denúncias não tiveram o foco somente no PT, segundo o representante da região de Marília na Assembleia Legislativa. “Também atingiram o coração do PSDB, quando também é investigado o presidente do partido e candidato à Presidência da República na eleição passada, o senador Aécio Neves. O líder tucano na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio, também está na lista de Janot”.

PMDB

O prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (PMDB-RJ), o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Romero Jucá (PMDB-RO) também foram apontados como possíveis envolvidos em escândalo de corrupção.

“O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi afastado liminarmente pelo ministro do Supremo Teori Zavascki e ratificada por tentar obstruir o trabalho da justiça e corrupção. Trata-se do primeiro caso na história da República e da democracia que um presidente do Congresso Nacional é afastado de seu cargo”, frisou Camarinha.

O pedido de afastamento de Cunha estava no STF há cinco meses. “Veio tarde, mas oportunamente e serve de medida exemplar para as gerações seguintes, entrando para a história do Brasil”. Camarinha dá um conselho ao presidente do Senado. “Se não souber rezar comece, senão aprende”.

CORAGEM E JUSTIÇA

O legislador destacou o grande trabalho desenvolvido pelo procurador geral da República Rodrigo Janot e outros ministros do Supremo. “Ambos tiveram atitudes de coragem e justiça, que vêm de encontro com a vontade e o desejo de milhões de brasileiros conscientes, pensantes e que querem o Brasil livre de uma pseudoditadura do PT, que levou o País ao maior caos econômico de sua existência, praticou os maiores atos de corrupção do mundo envolvendo a Petrobras todos os outros órgãos do governo, BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Fundo de pensões, etc”.

CONSEQUÊNCIAS

Segundo o deputado, a consequência é a falta de emprego enfrentada pelo País. com 11 milhões de desempregados, inflação altíssima, paradeira geral na produção, comércio e indústria, os juros mais altos do planeta e aumento da dívida interna, perto de R$ 4 trilhões. “Também podemos ver o colapso nos sistemas de saúde, educação e segurança. Tudo isso traz uma grande desesperança ao povo brasileiro”.

EM TEMPO

O deputado Camarinha lembra que, se a presidente Dilma for afastada na sessão do Senado da próxima quarta-feira (11), a maioria dos deputados, senadores e ministros citados perde o foro privilegiado. “Aí eles vão para as mãos duras e justas do magistrado Sérgio Moro”.

spot_img
Marília
nuvens quebradas
25.9 ° C
25.9 °
25.9 °
73 %
2.1kmh
75 %
qua
28 °
qui
30 °
sex
31 °
sáb
31 °
dom
32 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Em destaque