21 C
Marília

Leilão quase acaba em fiasco

Últimas notícias

Por muito pouco o leilão de uma área do pré-sal não se transformou em fiasco.

Um consórcio formado pela firma de capital misto anglo-holandesa (SHELL), a francesa TOTAL, duas firmas chinesas (CNPC e CNCOOC), juntamente coma estatal brasileira PETROBRAS, formaram o único grupo que apresentou oferta pela área leiloada.

No total de 11 empresas habitas a participar do leilão, somente o consorcio vencedor deu um lance, para a compra do campo gigante de LIBRA, na bacia de Campos, onde durante os próximos 35 anos serão investidos R$ 400 bilhões.

Durante a manhã de ontem a petroleira espanhola REPSOL, anunciou que não iria participar do leilão.

O negócio foi fechado sem ágio sobre os 41,65% do petróleo a ser produzido na região pelo grupo vencedor, que deverão ficar com o governo.

Do total do lucro do governo, 75 % ou seja, R$ 638 bilhões serão investidos em educação aos longos dos próximos 35 anos.

O dia de ontem também foi marcado por uma série de protesto no RIO contra o leilão, os protesto ocorreram na frente do hotel aonde foi realizado o leilão.

por Fernando Pedro de Andrade, do  Portal Mariliense com informaços dos sites da FOLHA, VALOR ECONÔMICO E EL PAIS.

spot_img
Marília
nuvens quebradas
21 ° C
21 °
21 °
90 %
4.4kmh
59 %
sex
33 °
sáb
33 °
dom
34 °
seg
36 °
ter
26 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Em destaque