18.9 C
Marília

Manifestação contra aumento de passagem tem tumulto e bombas em SP

Últimas notícias

passagem de onibus

Foto : Arquivo

São Paulo

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil Edição: Armando Cardoso

A manifestação contra o aumento da tarifa do transporte coletivo de São Paulo chegou por volta das 20h15 à sede da prefeitura, no Viaduto do Chá, no centro da capital paulista. Policiais fazem um cordão em frente ao prédio. Segundo a Polícia Militar (PM), participam da passeata aproximadamente três mil pessoas. De acordo com o Movimento Passe Livre (MPL), que convocou a manifestação, são mais de 20 mil manifestantes.

 

Em assembleia antes do proteso, os ativistas decidiram que seguiriam da Praça do Ciclista, onde ocorreu a concentração, para a prefeitura e, depois, para a Secretaria de Transportes Metropolitanos do estado. No entanto, cerca de 400 manifestantes, conforme a polícia, saíram do trajeto proposto quando a passeata estava na Rua da Consolação e retornaram à Avenida Paulista.

 

Ainda na Rua da Consolação, houve confronto entre manifestantes e policiais, que atiraram bombas de gás lacrimogênio. A passeata não se dispersou e continuou na direção da prefeitura. Até o momento, não há notícias sobre a motivação do tumulto e se há feridos.

 

Na última sexta-feira (9), o protesto na capital paulista terminou em correria. Mascarados quebraram agências bancárias e a polícia reagiu com bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha.

 

Em junho de 2013, as manifestações ocorreram por causa do anúncio de aumento das passagens de R$ 3 para R$ 3,20. A reação da população teve sucesso e o valor da passagem voltou a custar R$ 3.

spot_img
Marília
nuvens dispersas
18.9 ° C
18.9 °
18.9 °
94 %
1.4kmh
25 %
qui
30 °
sex
30 °
sáb
29 °
dom
31 °
seg
26 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Em destaque