18.9 C
Marília

Pedro Pavão, do Sincomércio, destaca que empresários estão tentando conter demissões

Últimas notícias

Varejo na região de Marília elimina 90 empregos em setembro e estoque de funcionários alcança 47.227 trabalhadores

Pedro Pavão - Presidente Sincomercio Marília

Em setembro, o comércio varejista na região de Marília eliminou 90 postos de trabalho, resultado de 1.420 admissões contra 1.510 desligamentos. Em 12 meses, foram eliminados 1.358 empregos com carteira assinada, o que levou a um recuo, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, de 2,8% do estoque total, que atingiu 47.227 trabalhadores formais no mês.

As informações são da Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), elaborada com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e o impacto do seu resultado no estoque estabelecido de trabalhadores no Estado de São Paulo, obtido com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Entre as nove atividades analisadas, apenas o segmento de farmácias e perfumarias (0,3%) apresentou crescimento no estoque total de empregados em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado. As maiores quedas foram observadas nos segmentos de concessionárias de veículos (-8,2%), de lojas de móveis e decoração (-8%) e de lojas de vestuário, tecidos e calçados (-5%).

“As empresas têm se adequado para evitar que demissões aconteçam, mas o desafiador ambiente econômico agrava sua situação financeira e o resultado direto é a redução no quadro de funcionários. A perspectiva para os próximos meses, devido às contratações temporárias para o fim de ano é que tenhamos um aumento no quadro, mas infelizmente não será algo tão significativo e nem motivo para comemorações já que a realidade continua sendo preocupante”, ressalta Pedro Pavão, presidente do Sincomercio Marília.

Desempenho estadual
Interrompendo dois meses consecutivos de geração de empregos, o comércio varejista do Estado de São Paulo voltou a eliminar postos de trabalho em setembro. No mês, foram extintos 2.004 empregos, resultado de 68.604 admissões e 70.608 desligamentos. Ainda assim, observa-se em setembro, saldo negativo 75% mais ameno em relação à perda do mesmo mês de 2015, quando foram perdidos 7.968 postos com carteira assinada. Com isso, o estoque ativo de trabalhadores atingiu 2.069.059 no mês, redução de 2,8% na comparação com setembro de 2016.

Sete das nove atividades pesquisadas apresentaram queda no número total de empregos na comparação com o mesmo mês de 2015, sendo os piores desempenhos registrados nos segmentos de concessionárias de veículos (-6,8%), lojas de vestuário, tecidos e calçados (-6,7%) e lojas de móveis e decoração (-6,6%). Em contrapartida, apenas as atividades de farmácias e perfumarias (2,1%) e supermercados (0,4%) geraram empregos na mesma base de comparação.

Com relação aos dados por ocupações, todas as funções eliminaram vagas no mês, com destaque para gerentes de produção e operadores, que viram sua categoria encolher em -527 postos de trabalho, seguidos pelos vendedores e demonstradores (-509 vagas). Em 12 meses, o cargo que mais perdeu vagas foi o de vendedores e demonstradores (-11.273 vagas). O segundo maior saldo negativo de vagas é o de escriturários, com – 6.562 postos de trabalho.

Nota metodológica
A Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP) analisa o nível de emprego do comércio varejista. O campo de atuação está estratificado em 16 regiões do Estado de São Paulo e nove atividades do varejo: autopeças e acessórios; concessionárias de veículos; farmácias e perfumarias; lojas de eletrodomésticos e eletrônicos e lojas de departamento; matérias de construção; lojas de móveis e decoração; lojas de vestuário, tecido e calçados; supermercado e outras atividades. As informações são extraídas dos registros do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e o impacto do seu resultado no estoque estabelecido de trabalhadores no Estado de São Paulo, com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Fonte : Adriana Forcato, Assessoria de Imprensa.

spot_img
Marília
nuvens dispersas
18.9 ° C
18.9 °
18.9 °
94 %
1.4kmh
25 %
qui
30 °
sex
30 °
sáb
29 °
dom
31 °
seg
26 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Em destaque